A casa brasileira do Phoenix Suns!


A importância de retornar aos playoffs



Neste mês uma nova temporada da NBA irá começar e o Phoenix Suns tem a árdua missão de retornar aos playoffs, algo que não acontece desde 2010.

Em quase 50 anos disputando o melhor basquete do mundo, a franquia ficou no máximo cinco temporadas longe da pós temporada e caso fique mais um ano sem disputar os playoffs, será o recorde negativo da franquia.

Mesmo acreditando que  manager Ryan McDonough tem feito um bom trabalho e sempre busca o melhor da equipe (como na contratação de Isaiah Thomas e na tentativa de adquirir LaMarcus Aldridge), o jejum deverá ter resultado negativo na franquia.

O Suns é a quarta equipe com mais vitórias na história da NBA, apesar de nunca ter sido campeão, e se acostumou a fazer boas campanhas. 

Mais um ano longe da pós temporada, dificultará ainda mais a contratação de grandes estrelas. Nos últimos anos foram poucos jogadores que optaram pelo Suns à outras equipes e isso implicará diretamente na equipe.

Outro ponto a ser considerado é a falta de torcedores nos jogos do Suns. Isso aconteceu nos últimos dois anos e Marckieff Morris chegou a reclamar publicamente da falta de apoio dos torcedores.

Ciente de todos esses aspectos, o Suns tem se esforçado para reverter essa situação. Com o elenco atual, recheado de jovens promissores, é possível ver a equipe na pós temporada, mas difícil de afirmar que seja já nesta temporada, pois a Conferência Oeste nunca foi tão competitiva quanto agora.

Com um quinteto titular formado por Knight-Bledsoe-Tucker-Kieff-Chandler e com outros bons jogadores como Teletovic, Weems e Alex Len, o torcedor pode sim sonhar. 

A temporada é muito longa e o Suns deve não só ter bons jogadores, mas também criar uma sintonia na equipe. De início, impressiona o compromentimento de Bledsoe, que passou toda a off season treinando e acompanhando tudo que envolve a equipe, como a Summer League. Já Tyson Chandler conversou com vários jogadores, como Markieff Morris, e ainda participou de eventos na cidade. 

É necessário levar o torcedor de volta ao ginásio e saber utilizar os ídolos da equipe. Steve Nash será ovacionado no dia 30 de outubro e pode ser combustível que falta para a equipe voltar aos playoffs.

.............................................................................................................................